Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Simulador de Ensaios em Voo: Um sonho que se tornou realidade
Início do conteúdo da página

Simulador de Ensaios em Voo: Um sonho que se tornou realidade

Publicado: Quinta, 17 de Agosto de 2017, 15h40

O Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV) realizou a primeira atividade programada com a utilização do simulador de desenvolvimento próprio, compreendendo em 4h de simulação com os pilotos e engenheiros alunos do Curso de Ensaios em Voo (CEV), a fim de adestrá-los nas técnicas de ensaio para avaliação da estabilidade longitudinal de uma aeronave de asa fixa.


A incorporação desta ferramenta permite, de forma segura e realista, que os alunos percebam o comportamento em voo de aeronaves com diversas características de estabilidade e controle (qualidades de voo). Tal instrução é muito importante para as equipagens envolvidas com voos experimentais reais, pois ela permite a identificação de situações de risco em voos de aeronaves cujas qualidades de voo ainda não são tão bem conhecidas ainda.


"Os modelos utilizados também ajudarão os alunos a compreender a execução dos pontos de ensaio e verificar o comportamento que a aeronave apresenta quando tem uma boa estabilidade ou quando há alguma deficiência no seu projeto que dificulta a sua pilotagem", explicou o piloto de prova Ten Cel Av Marcelo Zampier Bussmann, instrutor coordenador do CEV.

Esta ferramenta, fruto de muito trabalho da equipe de pesquisadores da Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento (EPD) do IPEV, atende aplicações que incluem a instrução do CEV e a preparação das tripulações que realizam voos de ensaios experimentais.


Para isso, o IPEV investiu na capacitação de um corpo de pesquisadores, por meio de programas de formação avançada em centros universitários renomados como o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e os centros de pesquisas aeroespaciais na Alemanha, Deutsche Zentrum für Luft- und Raumfahrt (DLR), e na frança, Office National d'Etudes et de Recherches Aérospatiales (ONERA).

“O simulador foi concebido com uma arquitetura robusta e inovadora, permitindo a simulação de vários tipos de aeronaves (asa fixa e helicópteros) de forma simples, modular e com baixo tempo de reconfiguração. Assim, em 2012, o IPEV submeteu à Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) a realização de um projeto de pesquisa científica para o desenvolvimento de novas ferramentas de ensaios em voo. Ao final daquele ano, o IPEV e a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais (FUNCATE) firmaram com a FINEP o convênio FINEP FEV que, entre outros objetivos, contemplava a criação do Laboratório de Simulação de Ensaios em Voo, incluindo o sistema para identificação de parâmetros (componente necessário para o desenvolvimento experimental de modelos de simulação) e o simulador”, afirmou o engenheiro Dr. Nelson Paiva Oliveira Leite, chefe da EPD.

A entrada em serviço desta poderosa ferramenta torna realidade um antigo sonho do IPEV e proporciona uma grande melhoria no processo de formação dos alunos do Curso de Ensaios em Voo.

Texto: Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento / Contribuição: Ten Cel Av Bussmann
Fotos: Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página