Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Recebimento do helicóptero H225M - Versão Operacional
Início do conteúdo da página

Recebimento do helicóptero H225M - Versão Operacional

Publicado: Quarta, 07 de Junho de 2017, 15h26

          O Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo (IPEV) realizou do recebimento de dois helicópteros H225M - versão operacional para as Forças Armadas, matrículas FAB 8520 e EB 5009. O FAB 8520 será operado pelo 3º/8º Grupo de Aviação, sediado em Santa Cruz – RJ, e o EB 5009 pelo 1º Batalhão de Aviação do Exército, sediado em Taubaté – SP.

Os voos de recebimento foram realizados na fábrica da Helibrás (Airbus Group), em Itajubá – MG, no período de 02 a 10 de maio de 2017.

A versão operacional da aeronave H225M conta um sistema de contramedidas eletrônicas (EWS – Eletronic Warfare System) e sensor eletro-óptico (FLIR - Forward Looking Infra-Red).

O EWS é um sistema que utiliza a energia direcionada de um espectro eletromagnético para detectar e identificar sinais advindos de ameaças. Com isso, nega ao oponente a vantagem no combate, uma vez que seja possível utilizar de contramedidas eletrônicas para despistá-lo.

O FLIR usa a energia térmica emitida para formar, com a ajuda de um processador digital, imagens bidimensionais dos objetos observados, criando uma espécie de "retrato térmico" dos mesmos em tempo real, podendo ser usados para ajudar a detectar objetos providos de calor contra um fundo frio, quando é impossível a percepção visual dos mesmos, como em noites completamente escuras ou locais cobertos pela fumaça, possuindo aplicações militares.

A equipe de ensaios do IPEV foi representada pelo Maj Av Cantaluppi (Prova #100), Maj Av Roque (Prova #105) e 1º Ten Eng Luís (Curinga 77). No total, foram realizados três voos para a conclusão do processo de recebimento por uma tripulação mista do IPEV e da empresa Airbus Helicopter.

O recebimento das aeronaves pela a equipe do IPEV não só limitou nas realizações dos voos. Mas também utilizou da experiência e conhecimento adquiridos em ensaios anteriores para atualizar o cartão de recebimento dessa aeronave, incorporando testes necessários aos novos sistemas embarcados. “O objetivo é garantir que os equipamentos entregues às Forças Armadas estejam operando corretamente conforme previsto em contrato e manual da aeronave”, informou o Engenheiro de Prova 1º Ten Eng Luís Gustavo Leandro de Paula.

Essa aeronave proporcionará maior proteção contra ameaças inimigas, devido à instalação do EWS, e aumento da consciência situacional por meio da utilização do FLIR, nas missões operacionais das Forças Armada. “O conhecimento da equipe do IPEV acerca dos novos sistemas auxiliou a garantir que todos os sistemas operam em sua plenitude, de forma que o operador possa utilizar a aeronave em sua plena operacionalidade no treinamento de suas equipagens.”, afirmou o Piloto de Prova Maj Av Alexandre Cantaluppi Silvestre de Freitas.

Texto: Comunicação Social do IPEV - Fotos: Maj Cantaluppi
Colaboração: Maj Av Cantaluppi

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página